Dinheiro! Como Mudar a Tua Mente Financeira Para Obter Resultados

Dinheiro é o Que Toda a Gente Quer e Precisa.

Porém São Poucas as Pessoas Que Conseguem Lidar Com Ele. Por Quê?

Porque o modelo financeiro de uma pessoa consiste na combinação dos seus pensamentos, sentimentos e das suas ações em questões de dinheiro.

A maioria das pessoas simplesmente não tem a capacidade mental necessária para conquistar e conservar grandes quantidades de dinheiro.

Já reparaste que algumas pessoas começam com uma excelente oportunidade, ganham rios de dinheiro e depois perdem tudo. Alguns entram em depressão ou suicidam-se.

dinheiro

Uma Pessoa Que Não Gosta de Dinheiro Não o Tem.

É por esse motivo que, se uma pessoa ganha muito dinheiro sem estar mentalmente preparada para isso, o mais provável é que a sua pequena ou grande fortuna tenha vida curta.

Não consegues ter sucesso nos teus negócios e começas a atrair dividas atrás de dividas e a tua vida não avança.    

Quando éramos crianças, fomos ensinados a pensar que o dinheiro é a fonte de todo mal, que temos de poupar para os dias ruins, que os ricos são gananciosos, criminosos, que são desonestos.

Diziam que temos que trabalhar muito para ganhar dinheiro, não se pode ser rico e espiritualizado ao mesmo tempo, dinheiro não nasce nas árvore, o dinheiro fala sempre mais alto, os ricos ficam cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.

Tudo isto e mais alguma coisa transformaram-se num grave condicionamento mental de pensamentos negativos e por isso as pessoas agem de forma completamente errada em relação a ele.

Todos nós queremos e precisamos de dinheiro para viver a vida como gostaríamos, porém o condicionamento do teu subconsciente determina o seu pensamento.

O teu pensamento determina as tuas decisões e estas determinam as tuas ações, que, finalmente, determinam os teus resultados.

Que tipo de resultados queres ter na tua vida, nos teus negócios?

A realidade é que a maior parte das pessoas não atingem o seu potencial máximo e por isso não é bem-sucedida.

Dinheiro é energia, não gosta de caras triste e muito menos de quem não gosta dele.

dinheiro

      

Se pensamentos conduzem a sentimentos, sentimentos conduzem a ações e ações conduzem a resultados.

Quaisquer que sejam os teus resultados – abundantes ou escassos, bons ou maus, positivos ou negativos -, lembre-te sempre de que o teu mundo exterior é apenas um reflexo do seu mundo interior.

Se as coisas não vão bem na tua vida exterior, é porque não estão bem na tua vida interior. É simples!

Para obteres os resultados que desejas, tens de mudar a tua forma de pensar e de agir.

Ou seja tens de reprogramar o teu cérebro, podes usar como ferramenta o poder das declarações.

Por que razão as declarações são uma ferramenta tão valiosa?

Porque tudo o que existe é feito de uma única coisa: energia.

A energia viaja em frequências e vibrações. Assim, todas as declarações têm uma frequência vibratória.

Quando fazes uma declaração em voz alta, a energia que ela liberta vibra por todas as células do teu corpo.

Uma declaração é também, por definição, formal.

É a emissão formal de uma energia que entra no universo e percorre o nosso corpo.

Outra palavra importante da definição de declaração é ação.

Devemos executar todas as ações necessárias para que as nossas intenções se tornem realidade.


Curso em Audio ALTAMENTE RECOMENDADO para fazer parte do teu treino diário.

” Mapa Para Uma Vida Abundante” Em Promoção, por apenas: 19 euros.

Clica na imagem e compra agora! Porque vai te ajudar muito.

dinheiro

 


Recomendo que faças as declarações em voz alta todos os dias de manhã e à noite.

Segue estas declarações:

  • Eu liberto-me das minhas experiências passadas negativas com dinheiro e crio para mim um futuro novo e rico.
  • Observo os meus pensamentos e só alimento aqueles que me fortalecem
  • Sou eu que crio o meu próprio grau de sucesso financeiro.
  • Eu comprometo-me a ser rico.
  • Eu imito as pessoas ricas e bem-sucedidas. Faço companhia a pessoas ricas e bem-sucedidas. Se elas podem, eu também posso!
  • Promovo o meu valor com paixão e entusiasmo.
  • Sou maior do que os meus problemas.
  • Prefiro ser remunerado com base nos meus resultados.
  • Sou um excelente administrador de dinheiro.
  • O meu dinheiro trabalha para mim e se multiplica.
  •  Eu ajo apesar do medo. Apesar da dúvida. Apesar da preocupação. Apesar da inconveniência. Apesar do desconforto. Ajo quando não estou com vontade de agir
  • Eu me comprometo a aprender e a crescer o tempo todo.

    Comprometa-te com o teu crescimento. Todos os meses, lê pelo menos um livro ou participa de um curso ou evento (fala comigo sobre isso) sobre dinheiro, negócios ou desenvolvimento pessoal. O teu conhecimento, a sua confiança e o seu sucesso agradecerão.

  • Eu tenho uma mente milionária! (diz esta declaração constantemente, até entranhar)

As pessoas ricas acreditam na seguinte idéia: “Eu crio a minha própria vida.”

As pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte ideia: “Na minha vida, as coisas acontecem.”

Se queres enriquecer, é imperativo acreditar que estás no comando da tua vida, em especial da tua vida financeira.

Caso contrário, tens uma crença enraizada de que exerce pouco ou nenhum controle sobre a tua própria vida e,

consequentemente, de que exerce pouco ou nenhum controle sobre o teu sucesso financeiro.

Precisas de acreditar que és tu mesmo quem conquista o teu próprio êxito,

que és tu mesmo quem promove a tua própria mediocridade e que és tu mesmo quem

estabelece a tua própria batalha pelo dinheiro e pelo sucesso.

Consciente ou inconscientemente, sempre se trata de ti.

Em vez de assumires a responsabilidade pelo que acontece na tua própria vida,

as pessoas de mentalidade pobre preferem colocarem-se no papel de vítimas.

Um pensamento típico de quem apresenta esse padrão é:

“Pobre de mim.” Assim, por força da lei da intenção, é literalmente isto o que as vítimas conseguem ser: pobres.

Vou explicar algo sem meias palavras: todas as pessoas que dizem que dinheiro não é importante, não tem dinheiro nenhum.

Os ricos entendem a importância do dinheiro e o lugar que ele ocupa na sociedade.

Quem tem a mentalidade pobre, por sua vez, valida a sua própria inépcia financeira com comparações irrelevantes.

Afirma: “O dinheiro não é mais importante do que o amor.”

Ora, essa é uma comparação equivocada. O que é mais importante: o seu braço ou a sua perna?

É óbvio que ambos têm importância.

O dinheiro é essencial nas áreas em que produz resultados e insignificante nos campos em que não tem utilidade.

E, embora o amor possa fazer o mundo girar, esse sentimento certamente não paga a construção de hospitais, igrejas e casas.

E também não enche a barriga de ninguém.

Queixar-se é a pior coisa que alguém pode fazer pela sua saúde e riqueza.

Chegou a hora de te decidires: ou continuas a achar que és uma vítima ou que podes ser uma pessoa de sucesso.

Mas, jamais as duas coisas ao mesmo tempo.

Chegou a hora de resgatares o teu poder e reconhecer que crias tudo o que existe e o que não existe na tua vida.

As pessoas ricas focalizam oportunidades.

As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos.

As pessoas ricas vêem oportunidades.

As pessoas de mentalidade pobre identificam obstáculos.

As pessoas ricas reconhecem o potencial de crescimento.

As pessoas de mentalidade pobre consideram o potencial de perda.

As pessoas ricas focalizam a remuneração.

As pessoas de mentalidade pobre concentram-se no risco.

Escolhe qual tipo de mentalidade queres tu!

E responde a estas perguntas: Quem queres SER, o que queres fazer e o que queres TER?

dinheiro

Espero ter ajudo de alguma forma!

Ju Faria

Consultora de Marketing

O conteúdo Dinheiro! Como Mudar a Tua Mente Financeira Para Obter Resultados aparece primeiro em Ju Faria Consultora de Marketing.