O que o empreendedorismo, uma criança de cabelo ruivo e o filme de Will Smith “À Procura da Felicidade”, têm em comum?

Se há 10 anos atrás me dissessem que uma criança escocesa de cabelo ruivo e o filme “À procura da felicidade” do Will Smith podiam ser a porta da minha entrada no mundo do empreendedorismo, diriam que só podiam estar doidos… mas isso aconteceu.

Muitas vezes as mudanças surgem através de uma forma e direção diferente daquela que esperávamos.

Esse é um dos truques que a oportunidade utiliza para entrar nas nossas vidas. Tem um hábito subtil de entrar pela porta dos fundos e vem, muitas vezes, disfarçada sob a forma de infortúnio ou derrota temporária.

Talvez seja por isso que tantos não conseguem reconhecer as oportunidades e outros aproveitam essas situações para dar o passo em frente.

Deixa-me dar-te um exemplo:

Após 15 anos a trabalhar no mercado financeiro, regressei ao desemprego. Não foi fácil. Vendi a minha casa, emigrei e deixei para trás a minha família, os meus amigos e tudo o que amava.

Viajei para outro pais somente com algumas caixas que continham o essencial, apenas o que necessitava para fazer face à vida noutro pais.

Passei de uma casa ampla de 3 assoalhadas, para apenas um quarto que tinha alugado em Edimburgo, na Escócia.

Não conhecia ninguém nesse pais. Ninguém mesmo. Nem familiares, nem amigos, nem conhecidos. Aterrei naquele pais completamente sozinha e com o coração apertado…

Não vou negar: estava completamente desorientada, e sem saber por onde começar.

A única coisa que me fazia continuar, era um sonho de infância. Queria entrar no mundo do empreendedorismo, ser dona do meu próprio tempo e ter dinheiro suficiente para poder viajar pelo mundo de forma a espalhar a minha mensagem para que todos saibam que também podem atingir o seu máximo potencial e chegar ao final do dia e sentirem-se realizados pelo trabalho que fazem.

Era este sonho ardente que me impulsionava a lutar incessantemente pelo que eu queria. Só ainda não sabia como é que iria lá chegar...

Um dia na Escócia

Um dia, enquanto corria num parque, que se encontrava em frente à casa, senti-me bastante exausta e resolvi sentar-me um pouco naquele relvado. Estava um dia de sol e queria aproveitar… acreditem, na Escócia os dias de sol não são assim tantos. Há, inclusivé, alturas em que parece que temos as 4 estações do ano, num dia só… e para quem sempre viveu num pais cheio de luz e sol, aproveitar cada raiozinho de sol sabia muito bem

Mas voltando ao assunto: enquanto descansava, chegou perto de mim um menino, que não devia ter mais de 9 anos de idade, de olhos claros, cabelo ruivo e sorriso nos lábios. E perguntou-me:
“Que tens?”

Respondi que estava apenas cansada e que decidi descansar um pouco.

Perguntou:
“Não vai continuar a correr?”

“Hoje já não consigo mais, amanhã talvez venha de novo.”

“Claro que consegues”, respondeu o menino. “Basta colocares um pé em frente do outro.”

Assim que acabou de dizer esta frase, afastou-se para perto do seus amigos.

Aquelas palavras tinham-me atingido como se fossem um raio… De repente tudo se encaixou. Era isso! Era essa a mensagem que eu queria passar ao mundo.

Esta criança tinha acabado de me dar a fórmula do sucesso!

Durante o tempo em que lá vivi, resolvi começar a aprender coisas novas e que me levassem em direcção ao meu objectivo: PNL, Coaching e Network.

Claro que não foi fácil recomeçar. Requereu muito esforço, luta e abdicação. Encontrei muitas pedras no caminho, mas isto nunca me fez desistir.

Houve um dia em que voltei a rever o filme “À Procura da Felicidade”, com Will Smith e o seu filho Jaden Smith.

Num determinado momento, durante o filme, Will Smith protagoniza uma cena na qual se dirige ao seu filho e diz:

“Nunca deixes que alguém te diga que não podes fazer algo. Se tens um sonho tens que protegê-lo. Não deixes que as outras pessoas – as que não conseguem fazer algo por si próprias – dizer-te que nunca irás conseguir. Se realmente quiseres atingir algo, vai e luta por eles. Ponto final.”

À Procura da Felicidade com Will Smith

Novamente, isto fez-me pensar e deu-me ainda mais força para ir atrás dos meus sonhos sem desistir.

E é assim que encaro a vida. Quando quero alguma coisa, não desisto, não paro de lutar até o final.

Se tu também tens um sonho, nunca abdiques dele. NUNCA!

Lembra-te: o verdadeiro derrutado é aquele nunca tenta e aquele que desiste. Se abdicares do teu sonho, nunca sairás do mesmo lugar e, possivelmente, irás te sentir frustrado durante toda a tua vida.

Eu não quero isso para ti e tu também não.

As palavras daquela criança e rever novamente o filme protagonizado por Will Smith, foi o início de tudo para mim.

Hoje sou pessoa apaixonada pelo empreendedorismo, sou business coach, speaker, master trainer e networker.

Qual o meu objectivo com este artigo?
Fazer com que tu também estejas atento às diversas oportunidades que podes encontrar ao virar da esquina e nos momentos mais inesperados da tua vida.

ESTE momento pode também ser o início de algo muito significativo na tua vida.

Segue em frente e luta por ti!

Eu estou aqui para te ajudar a também atingires o teu máximo potencial e chegares ao final do dia sentido-te realizado pelo trabalho que fazes.

Preparei este blog onde podes encontrar artigos, videos e diverso material que te vai ajudar a dares o passo em frente e viveres a tua vida conforme mereces.

Adoraria conhecer-te em breve e conhecer a tua história.
Fala comigo no Facebook

 


Subscreve Para Receberes Conteúdos Fantásticos no Teu Email


 

O conteúdo O que o empreendedorismo, uma criança de cabelo ruivo e o filme de Will Smith “À Procura da Felicidade”, têm em comum? aparece primeiro em Monica N Vicente.