O que precisas para te tornares imparável?

O que te pode tornar imparável?

És imparável? Ou já conheceste alguém que consegue ser bem-sucedido em quase todas as áreas?

Sabes? Aquela ou aquelas pessoas que façam o que fizerem, parecem imparáveis e o sucesso parece que lhes bate à porta e são praticamente imparáveis… eu já.

Foi há 5 anos para cá, quando morava na Escócia, que comecei a prestar mais atenção a este assunto e não descansei enquanto não percebi o porquê de alguns terem “tanta facilidade”, serem imparáveis e bem-sucedidos e outros não.

Esta minha curiosidade despertou quando uma criança, que não devia ter mais de 9 anos de idade, se aproximou de mim e me deu a definição de sucesso: “… é só colocares um pé à frente do outro…”.

A partir daqui foram anos de pesquizas, cursos, estudos e noites mal dormidas a tentar descobrir a chave por detrás do desejo de muitos.

E o porquê de alguém tornar-se imparável devesse principalmente a 3 principais fatores:

  1. Ter um processo
  2. Concentração/ foco
  3. Esforço/ Obsessão

Vou explicar cada uma delas com um exemplo verídico: a história de duas equipas de exploradores que em 1911 planearam chegar ao Pólo Sul.

O Processo:

Uma das equipas era liderado por Robert Falcon Scott, britânico, e Roald Amundsen, Norueguês.

Ambas as equipas tinham o mesmo equipamento e o nível de experiencia similar, de forma a que nem o clima, nem a sabedoria fossem fatores que colocassem em causa a competição.

Concentração/ Foco:

No entanto, a equipa de Robert Falcon Scott tinham o triplo do número de elementos, o dobro do orçamento e um maior número de recursos, tais como cães, trenós a motor, póneis siberianos e esquis.

A equipa de Roald Amundsen, dependia apenas de um método de transporte: os cães.

No entanto, independentemente das condições atmosféricas (chuva, neve, vento) e do cansaço dos elementos da equipa, a mesma caminhava sempre cerca de 32 km, por dia, durantes todos os dias. Ou seja, eram imparáveis, consistentes e mantinham a concentração e foco relativamente ao plano de ação.

A equipa de Robert Falcon Scott, ao contrário, andavam apenas quando as condições atmosféricas eram mais favoráveis e quando tinham mais energia. E nessas alturas conseguiam percorrer cerca de 64 km a 96 km. Ou seja, eram inconsistentes.

Esforço/ Obsessão:

Roald Amundsen, usou uma metodologia única que o ajudou a cumprir o processo para chegar ao Pólo Sul em menos tempo e com extrema precisão. Ele preferiu caminhar menos horas por dia, salvaguardando o bem-estar da sua equipa e dos cães, ao mesmo tempo que usava a precisão do método de trabalho de forma obsessiva.

E assim, Roald Amundsen ganhou a corrida até ao Pólo Sul.

E esta é a maneira que todos nós podemos utilizar para nos tornarmos imparáveis independentemente das nossas condições.

O facto é que não importa qual a tua profissão ou a escada do sucesso profissional em que te encontras.

Se quiseres chegar ao teu “Pólo Sul”, se quiseres ser imparável, necessitas das mesmas ferramentas mentais que Roald Amundsen utilizou: ter um processo, estares focado e obcecado com a realização do teu objectivo.

Fala comigo no messenger.
Vou adorar saber o que fazer e o que te falta para dares aquele passo em frente e elevares o teu negócio até ao próximo nível.

Subscreve Para Receberes Conteúdos Fantásticos no Teu Email

Se gostaste deste artigo é bem provável que também gostes destes:

 

 

O conteúdo O que precisas para te tornares imparável? aparece primeiro em Monica N Vicente.